O Sofisa Direto quer te conhecer melhor

Vamos lá!

Veja tudo que você vai encontrar neste post e se prepare para grandes mudanças na sua vida financeira:


Boa leitura! 

O que significa viver de renda? 

Viver de renda significa receber rendimentos provenientes de aplicações financeiras e cujo rendimento é o suficiente para você não precisar trabalhar! Já pensou nisso? 

Imagine acordar toda manhã com a certeza de que amanhã ainda estará tudo bem, porque você garantiu sua reserva financeira e, assim, você pode descansar, e tudo isso por conta do seu planejamento financeiro

O que é viver de renda? É viver plenamente de acordo com uma renda proporcionada de acordo com os valores que você consegue investir. 

Como sempre, falamos aqui em tom de educação financeira e seguimos nesse propósito de te auxiliar no processo de começar a investir nas melhores aplicações, para que seu dinheiro renda de acordo com o seu estilo de vida e com seus planos futuros. 

Sabemos, também, que a situação financeira da maioria dos brasileiros não está fácil. Cerca de 77,7% das famílias encontravam-se endividadas em abril de 2022.  

É possível viver de renda no Brasil? 

É possível viver de renda no Brasil desde que você comece a pensar, o quanto antes, em seu futuro e em como você deseja estar em sua aposentadoria! Se não agora, quando? 

Por isso, sempre falamos que planejamento financeiro é fundamental para iniciar seus projetos para o futuro e financiar, de certa forma, sua aposentadoria e seus planos de vida. Mas de que forma? 

Mudar os hábitos de consumo e começar a pensar em reserva de emergência deve ser uma prioridade na vida de quem deseja ter um pouco de tranquilidade quando os filhos já estiverem crescidos. 

A partir de R$ 100,00 mensais já é possível começar a pensar nessa possibilidade, e estamos aqui para te orientar quanto ao melhor caminho para chegar lá!  

Vamos fazer algumas contas e pensar no que pode ser feito para que o dinheiro guardado que você consegue investir possa te conduzir aos seus objetivos, pensando sempre na liquidez diária e na renda passiva que você pode obter. 

O que fazer para viver de rendimentos? 

Para você viver de rendimentos é necessário tomar algumas atitudes, e isso inclui, inicialmente, saber o quanto você precisa, mensalmente para manter seu estilo de vida. Você perceberá, agora, qual a importância do planejamento financeiro

Siga estes passos para entender como viver de renda

1. Calcule quanto tempo você vai precisar trabalhar

Atualmente, a expectativa de vida dos brasileiros é de 76,8 anos e a tendência é subir ainda mais. Então, pense em quanto tempo você poderá descansar e esse é, basicamente, o tempo que você tem para guardar dinheiro em aplicações rentáveis.  

Mas antes, faça uma investigação sobre o seu modo de vida atual e como você tem lidado com as contas mensais. Como vai a saúde financeira

2. Fazer um levantamento de todas as despesas 

Se você deseja investir, deve, primeiro, pensar de que forma você pode começar a reduzir seus gastos e despesas ao máximo e reservar o seu dinheiro para que ele seja movimentado de outras formas. 

Você já sabe que dinheiro parado é o mesmo que perder dinheiro, mas gastá-lo de forma desordenada não te ajuda a ter uma reserva de emergência. Você, realmente, tem gastado bem o seu dinheiro?  

3. Identifique gastos dispensáveis 

Pagamento de juros, uso indiscriminado dos cartões de crédito e assinaturas que você praticamente não usa são despesas dispensáveis. 

Elas constam no seu caixa mensal, mas, de fato, não precisam estar ali. Pense que todo esse dinheiro poderia ser aplicado em um investimento rendendo a juros compostos, movimentando sua renda. 

Se seus gastos estão bem delimitados, então, você deve se preocupar com dívidas antigas e recentes. O que fazer com elas? 

4. Elimine dívidas 

Faça uma lista com todas as dívidas e as elimine o quanto antes. Você pode negociá-las aos poucos e, resolvendo uma a uma, logo terá os débitos quitados. 

Agora que as pendências ficaram para trás, basta começar a estudar os próximos passos. Você precisa pensar muito bem em tudo que precisa fazer para seu dinheiro trabalhar por você! 

5. Comece a investir 

O melhor jeito de experimentar as regalias de viver de renda é começar a investir. 

Esse é o último passo para você que pensa no seu futuro e no futuro da sua família. 

Fizemos uma lista dos investimentos que melhor remuneram os ativos e para que você possa escolher, a partir de agora, onde depositar seu dinheiro e sua confiança. 

Veja também:

Nova call to action

 

Aplicações para começar 

Você sabia, que se você investir hoje a quantia de R$ 375 mil em um CDB de liquidez diária a 110% você pode obter rendimentos mensais superiores à R$ 3.000,00 líquido? Vale anotar que a Taxa CDI hoje está em 13,15%. 

Mas existem outras possibilidades de aplicações financeiras e fizemos uma relação de outros investimentos possíveis que podem lhe proporcionar viver de renda. 

Títulos Públicos 

Os títulos públicos são emitidos pelo Tesouro Nacional e negociados por pessoas físicas por meio do Tesouro Direto

Eles podem ser prefixados ou pós-fixados,atrelados a taxa de juros ou a inflação e  são remunerados semestral ou anualmente. São considerados seguros pois o emissor é de baixo risco e possui alta liquidez.

LCI (Letra de Câmbio Imobiliário) e LCA (Letra de Câmbio Agronegócio) 

Esses dois tipos de títulos são lastreados, respectivamente, em créditos imobiliários e em créditos originados no agronegócio, bem como são isentos de Imposto de Renda.  

Além disso, eles possuem garantia de R$ 250 mil de FGC (Fundo Garantidor de Créditos). 

CDB (Certificado de Depósito Bancário) com liquidez diária 

Essa opção rende mais que 100% do CDI (Certificado de Depósito Interbancário) com liquidez diária, para que, além de rentabilidade, você também tenha acesso ao seu dinheiro a qualquer momento. 

Existem outras modalidades de CDB, como CDB IPCA, CDB Pós-fixado e CDB Pré-fixado, que também funcionam como ótimas alternativas de investimentos seguros e rentáveis.

Fundos Imobiliários 

Fundos imobiliários são outra opção muito rentável para você que deseja investir em aplicações seguras e a longo prazo. 

Trata-se de você adquirir parte dos direitos de empreendimentos imobiliários assim como o investimento em títulos do mercado imobiliário. Ou seja , o investidor pode comprar cotas para fazer parte de um fundo criado para essa finalidade. Esse é um fundo mais complexo e é interessante buscar mais detalhes. 

A negociação dos títulos após sua emissão inicial, é realizada no pregão da bolsa de valores, e os fundos imobiliários podem ser remunerados mensal, semestral ou anualmente, de acordo com suas características 

Importante saber que esses fundos apesar da possibilidade de boa rentabilidade, podem não ser tão seguros quanto os investimentos de renda fixa, por isso, escolha bem antes de adquirir títulos dessa natureza, verificando todas as informações necessárias

Debêntures  

Os debêntures consistem em emissão de títulos por contas de empresas no mercado de capitais que desejam captar recursos. Isso dá direito aos detentores desses títulos de receberem uma remuneração pela compra. 

Então, em um primeiro momento, você investe para que a empresa realize seus projetos e, futuramente, recebe pelos lucros auferidos pela empresa emissora dos debêntures. 

Se você investir em uma empresa consolidada no mercado e , poderá obter ótimos rendimentos e grandes chances de aumentar, cada vez mais rápido, seu capital investido. 

Para se inspirar… 

No Banco Sofisa Direto, você conta com a possibilidade de ter o auxílio da rota Financeira! Ela funciona com uma inteligência artificial, que utiliza informações de movimentos de mercado financeiro aliado a seu perfil de investidor, disponibilidade de recursos e metas estabelecidas. 

Por meio dela, você tem a sugestão da rota mais curta lhe ajudando a atingir seus objetivos no menor tempo possível, com os maiores ganhos, e tudo na palma da sua mão, por meio do aplicativo. 

Se você ainda não está pensando no futuro e gostaria de realizar outros objetivos de vida, que tal conhecer seu perfil de viajante no blog post: Perfil de viajante: descubra o seu e planeje a próxima viagem. 

Perfil de viajante: descubra o seu e planeje a próxima viagem

Comentários

Assine nossa newsletter