O Sofisa Direto quer te conhecer melhor

Vamos lá!

Ir ao supermercado mensalmente tem sido muito difícil, porque os preços não param de subir! A perda de valor do dinheiro nos leva a pensar em como cuidar do seu dinheiro nas variações de inflação.

A inflação no Brasil tem um histórico de altos e baixos, e, a depender das condições sociopolíticas, as variações podem ocorrer de forma descontrolada. Em maio de 2022, a inflação acumulada dos últimos 12 meses chegou a 11,89%. 

Para saber como proteger seu dinheiro dessas variações, primeiro, você precisa saber de conceitos como inflação e IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo), além de entender os motivos pelos quais os preços das mercadorias aumentam.

Você já sabe que um dos nossos objetivos aqui é a educação financeira; além disso, temos o compromisso de proteger seu dinheiro por meio de planejamento financeiro e muitas dicas de investimentos! Vamos lá?

Aqui você confere:

Boa leitura!

O que é inflação?

A inflação é o aumento dos preços dos bens e serviços ao longo do tempo, e isso implica em perda de valor do dinheiro. Em outras palavras, é possível dizer que o dinheiro se caracteriza por dois valores: o valor nominal e o valor real!

O valor nominal é aquele dito na cédula, na moeda, ou quando você conhece a representação de uma ação do mercado financeiro.

O valor real está relacionado ao poder de compra que o dinheiro lhe proporciona em determinado período de tempo. Ou seja, considerando a inflação.

Então, se você realizou, há seis meses, uma compra no supermercado com R$ 500,00, provavelmente, não conseguirá comprar a mesma quantidade de coisas hoje. Dessa forma você sentirá os impactos da inflação e pode entender quanto o seu dinheiro pode estar perdendo valor!   

Quanto vale o seu dinheiro?

O seu dinheiro vale quanto ele pode pagar. Para saber quanto isso significa no custo de vida das pessoas, foram criados índices dos quais você já deve ter ouvido falar, mas vamos te ajudar a entender!

Um índice muito utilizado é o IGP-M (Índice Geral de Preços - Mercado), que é publicado mensalmente pelo Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getúlio Vargas, que acompanha e indica a variação de preços no mercado.

O IPCA que tem por objetivo medir a inflação de um conjunto de produtos e serviços comercializados no varejo, referentes ao consumo pessoal das famílias é utilizado pelo governo para medir a inflação de um determinado conjunto de produtos e é definido pelo (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

O BCB (Banco Central do Brasil) disponibiliza uma calculadora para que todo cidadão tenha acesso aos índices para correção dos valores ao longo do tempo. 

Com base no IPCA, você entende o seu poder de compra. Também por que ele influencia no aumento dos valores dos planos de saúde, no reajuste dos aluguéis e, inclusive, na taxa de juros paga ao parcelar o cartão de crédito.

E se falamos em taxa de juros, já sabe que também vamos falar de investimentos! Ter uma reserva financeira e saber onde investir são pontos totalmente relacionados com o cuidado com o seu dinheiro!

Veja também:


Nova call to action

Como cuidar do seu dinheiro nas variações de inflação?

As variações na inflação são inevitáveis e, por isso, vamos explicar a você como cuidar do seu dinheiro nesses momentos. O ideal é reservar uma parte da renda para investir em títulos que sejam remunerados acima do IPCA.

Se é o IPCA que mede a inflação (aumento dos preços) ou a deflação (redução dos preços), então, ela funciona como uma espécie de termômetro para saber, também, o quanto os seus investimentos devem render.

Gastar toda sua renda não é saudável a longo prazo, e ter uma reserva de emergência deve ser uma prática em sua vida para momentos de crise econômico-financeira ou para realizar seus objetivos de vida.

Ter um dinheiro guardado é, a longo prazo, uma forma de proteger seu dinheiro. Já mantê-lo parado em sua conta corrente, resulta na perda de seu valor.     

Investir é o melhor modo de cuidar do seu dinheiro e protegê-lo das variações inflacionárias, e vamos sugerir aqui as melhores aplicações para você!

Títulos Públicos

Os títulos públicos são papéis emitidos pelo governo, e, ao comprá-los, você é remunerado pelo governo, conforme a taxa de juros vigente de cada papel;

O governo emite alguns títulos com o intuito de arrecadar dinheiro para os cofres públicos. Nesse processo, o governo retém os valores necessários no momento atual e você recebe após um ano, o valor corrigido no vencimento ou a cada seis meses.

Uma boa opção entre os títulos públicos para investir é o Tesouro Selic, que é de renda fixa e tem rentabilidade pós-fixada que acompanha a variação da taxa Selic.

Títulos Privados

Os títulos privados, como o próprio nome diz, são emitidos por instituições financeiras e podem ser de renda fixa ou renda variável.

Nessa modalidade, você tem algumas opções, como o CDB Pós-Fixado (Certificado de Depósito Bancário), que rende até mais de 100% do CDI  (Certificado de Depósito Interbancário), e o CDB vinculado ao IPCA.

Ou seja, além da manutenção do poder de compra do seu dinheiro com a correção pela inflação, é possível obter um ganho real no período.

Há, também, as LCI (Letra de Câmbio Imobiliário) e as LCA (Letra de Câmbio Agrícola), que possuem a isenção de imposto de renda para pessoas físicas e, ainda, contam com a garantia de R$ 250 mil do FGC (Fundo Garantidor de Crédito).  

Debêntures

Esses são títulos emitidos por empresas, que não são instituições financeiras, e que precisam de um valor para expandir sua empresa, bem como optam por lançar esses títulos no mercado para não precisar solicitar empréstimos aos bancos.

Os debêntures funcionam como uma espécie de empréstimo legal que são remunerados, normalmente, com a taxa de juros. E é mais uma forma de manter seu dinheiro seguro e rendendo, enquanto a inflação não para de oscilar.

Veja quantas possibilidades de cuidar do seu dinheiro! No Banco Sofisa Direto, você abre sua conta de forma rápida e sem burocracia e cuida do seu dinheiro investindo em aplicações que combinam com você! Abra sua conta aqui!

ABRA SUA CONTA

Comentários

Assine nossa newsletter