O Sofisa Direto quer te conhecer melhor

Vamos lá!

Qual o seu maior sonho? Para muitos casais, a resposta é simples: casar. Organizar uma festa de casamento representa um momento de amor e celebração, onde é possível reunir sua família e amigos em um dia inesquecível. 

Mas, do momento do sim até o dia de subir ao altar, é preciso de muito planejamento ou esse sonho pode se tornar um pesadelo para o seu bolso. Como tudo na vida, o casamento também exige uma boa preparação e uma organização financeira. Afinal, ao colocar na ponta do lápis quanto custa uma festa de casamento, sabemos que as despesas não são poucas.

Buffet, decoração, vestido de noiva, terno, banda…A lista é enorme de itens que compõem o grande dia. Mas, isso não quer dizer que você precise ultrapassar o seu limite e criar dívidas gigantescas. 

Lembre-se que após os convidados irem embora e as luzes do salão serem desligadas, há toda uma vida a dois pela frente. É aí que começa realmente as despesas de casa e a rotina. Sendo assim, não dá para começar essa nova etapa já endividado, concorda? 

Pensando nisso, hoje estamos aqui para provar que é possível sim realizar o seu sonho e ter uma linda festa sem gastos exorbitantes! A seguir, listamos sete dicas que vão ajudar você a organizar a cerimônia dentro do seu limite financeiro. Vamos lá? 

planejamento de casamento

1. Defina um orçamento!

Para planejar o seu casamento, é importante saber por onde começar. Antes de tudo, é essencial que você sente-se com o seu parceiro e estabeleça um orçamento para o grande dia. 

Se você está nesse momento se perguntando porque esse deve ser o primeiro passo e qual a importância do planejamento financeiro, saiba que essa etapa pode fazer total diferença nas suas despesas!

Com seu orçamento estabelecido, todos os próximos passos serão pensados e desenvolvidos a partir disto. Dessa forma, você se organiza melhor financeiramente, não ultrapassa seus limites e evita gastos desnecessários. Lembre que quanto antes você estipular esse valor, mais tempo tem para planejar os mínimos detalhes e economizar.

2. Faça uma planilha de gastos!

Depois de definir o seu orçamento, o segundo passo é fazer um planejamento financeiro. É hora de pensar para onde vai o seu dinheiro e quanto será destinado a cada área. Se você é um leitor assíduo do nosso blog, já deve imaginar que essa é a hora de criar sua planilha de gastos.

Nela deve conter todos os itens da cerimônia, desde o bolo de casamento até o vestido de noiva, e o quanto você pretende destinar a cada um deles. Dessa forma, você se antecipa e estabelece um limite financeiro para cada item baseado no seu orçamento total. 

Dentro desta planilha ainda deve conter o valor gasto real, onde você atualizará de acordo com os fornecedores que estiverem fechando. Assim, você tem em mãos a expectativa X realidade e pode controlar melhor os seus gastos.

Se você não sabe como começar a montar a sua planilha, preparamos uma para você! Baixe agora seu planejamento financeiro de casamento e comece a organizar o seu grande dia!

Veja também:

Nova call to action

3. Faça sua lista de convidados e defina o tamanho da sua festa!

Você quer uma festa grande ou prefere reunir apenas os mais próximos? Seja qual for o seu foco, chegou o momento de definir o tamanho do seu casamento. A conta é básica: quanto maior a lista de convidados, maior a sua festa e maiores as despesas. 

Se você quer economizar, priorize os convidados fundamentais. Tente ao máximo reduzir a sua lista. Uma opção para casar quando o seu orçamento é curto, é o mini wedding, um casamento pequeno e mais intimista, com pessoas realmente especiais ao seu redor. 

convidados casamento

4. Saiba como calcular os gastos por convidado!

Com base na quantidade de convidados, você terá uma estimativa dos gastos que terá com outros serviços, como por exemplo, o buffet do casamento. Se você ainda não sabe como calcular a quantidade ideal de comida por convidado, preste muita atenção pois isso fará uma grande diferença no seu orçamento. 

Caso a sua festa tenha jantar, os cálculos por pessoa são de 5 a 8 salgados ou canapés por convidado. Na hora de servir o prato principal, são 150 g de massa, 200g de carne e 120 g de frutas e vegetais por pessoa. Na sobremesa, são de 5 a 6 doces, 2 bem-casados e 60g de bolo por convidado. Mas, se você optar por não servir um almoço ou jantar, o número de salgados ou canapés sobe consideravelmente, a média é de 15 a 18 por pessoa.

Com esse cálculo, já deu para notar que quanto maior sua lista de convidados, maior o seu investimento em buffet.

5. Pesquise fornecedores!

Se você está pensando em como organizar uma festa de casamento, uma dica importante é: nada de parar na primeira na pesquisa! Para economizar no planejamento do seu grande dia, é fundamental pesquisar bastante. Nessa hora, os sites de casamento podem ajudar. Análise os custos-benefícios, pós e contras e a experiência de outros clientes.

Antes do casamento, o primeiro passo é ter em mente que aquele velho ditado "o que é bonito é caro" é puro mito! Isso serve na hora de escolher o espaço da sua festa e até mesmo a decoração. Há diversas opções e com uma boa pesquisa, você com certeza encontrará uma adequada para o seu bolso.

 Outra saída para economizar quando o assunto é fornecedor, é casar em um dia de semana, onde geralmente a procura por eles é menor devido a baixa quantidade de eventos. Nesse caso, você pode economizar no local, decoração do casamento e até mesmo com a fotografia e filmagem, que por sinal são os itens mais caros da sua festa.

Preparativos para casamento

6. Faça você mesmo!

Você já pensou em colocar a mão na massa e fazer algumas coisas do seu próprio casamento? Colocando em prática suas habilidades, você pode economizar bastante na hora de realizar a sua festa.

O DIY, sigla em inglês para “faça você mesmo”, tem sido adotado por milhares de pessoas, inclusive na hora de produzir as suas festas.  

Com um bom tutorial e as dicas certas, você pode criar os seus convites de casamento de forma mais simples ou até mesmo uma lembrancinha. Essa é uma tática para economizar e também dar a sua cara à festa, você pode personalizar dando o toque dos noivos e criando uma identidade para o grande dia.

Casamento: Faça você mesmo

7 - Prepare-se para imprevistos!

Apesar de todos os preparativos nos mínimos detalhes, é normal que imprevistos ocorram ao longo do caminho, principalmente após a cerimônia de casamento.

Seja uma peça da decoração quebrada, uma multa após ultrapassar o horário estipulado pelo salão ou uma taxa extra cobrada por algum dano no vestido de noiva, existem alguns gastos após o grande dia que pegam os noivos de surpresa!

Para evitar preocupações e não ultrapassar seu orçamento, é preciso se preparar com antecedência para esses possíveis imprevistos! 

Por isso, a dica é: dentro do seu orçamento, separe 5% do valor total para despesas extras após o casamento. Caso haja algum contratempo, você terá uma reserva de emergência e não precisará fazer dívidas antes da lua de mel.

Dica extra: faça um checklist para não esquecer de nenhum item!

Se você ainda está no início dos preparativos para o dia do casamento, é importante colocar tudo no papel. Não dá para chegar na semana do casamento e ficar se perguntando se falta alguma coisa ou se fechou tal fornecedor. Pensando nisso, preparamos um checklist de casamento para que você possa organizar a sua festa sem dores de cabeça! Faça o Download gratuito e comece a planejar o seu grande dia!

Baixe agora o Checklist dos noivos!

Comentários

Assine nossa newsletter