A festa de casamento é o sonho de muitos casais que querem celebrar sua união junto aos seus amigos e família. O problema é que se trata de um desejo caro, que exige muita organização financeira e dedicação.

Mas não se desespere! Atualmente, existem soluções financeiras capazes de viabilizar a sua festa de casamento sem que você precise se estressar demais.

A união de duas pessoas pode acontecer de várias formas. Há casais que planejam o evento com bastante antecedência, mas também existem aquelas pessoas que se conhecem, se apaixonam e resolvem oficializar a união logo em seguida.

Se você se enquadra em algum desses casos, leia este post com atenção. Vamos mostrar como é possível, com organização, disciplina e muita tranquilidade, organizar uma festa de casamento inesquecível. Basta escolher a melhor forma de rentabilizar o seu dinheiro com as soluções que são oferecidas no mercado.

Casamento em longo prazo

Essa é a situação mais comum. Geralmente, os casais ficam noivos depois de um longo tempo de namoro e, cerca de 2 ou 3 anos após o pedido, realizam a festa.

Com mais antecedência, é possível negociar com fornecedores, escolher os itens com calma, elaborar a lista de convidados, entre outras coisas. Mas e o dinheiro?

Para quem tem tempo, a melhor saída é buscar investimentos de longo prazo, que podem rentabilizar os seus ganhos e viabilizar a realização da festa. Seja esse é o seu caso, veja as sugestões abaixo:

CDB

O CDB (Certificado de Depósito Bancário) é uma operação programada na qual você aplica o seu dinheiro em uma instituição financeira. As taxas podem ser pré ou pós-fixadas, mas no caso de um objetivo de longo prazo o melhor é optar pelo rendimento pré-programado. Como você já sabe quando precisará fazer o resgate, não há por que correr os riscos inerentes aos investimentos pós-fixados.

O rendimento do CDB é obtido por meio de operações financeiras realizadas pelo próprio banco, como empréstimos e financiamentos. Ao contratar um CDB prefixado, você aplica o dinheiro por prazo determinado e pode resgatá-lo na data programada. Quanto mais tempo você conseguir deixar a aplicação parada, melhor será o seu rendimento.

Além disso, nada impede que você faça novos aportes mensais, melhorando o resultado final do seu investimento.

LCI e LCA

LCI (Letra de Crédito Imobiliário) e LCA (Letra de Crédito do Agronegócio) são investimentos de Renda Fixa que não são tributados pelo Imposto de Renda. Qualquer um dos dois é mais rentável do que a Caderneta de Poupança.

O retorno é obtido por meio do fomento ao crédito imobiliário ou ao agronegócio, o que confere às modalidades uma grande segurança financeira. Assim como o CDB, se você optar pelo LCI ou LCA, o ideal é deixar o dinheiro aplicado pelo maior tempo possível, para obter a melhor rentabilidade.

Dicas para organizar o casamento

Agora que você já sabe como fazer o seu dinheiro render, é hora de descobrir como gastar menos para fazer a sua festa de casamento. Com tempo e organização, é possível cortar gastos e buscar soluções alternativas viáveis.

1. Tente fechar o maior número possível de contratos com antecedência

Fornecedores de casamento trabalham com uma agenda de longo prazo. O quanto antes você fechar os contratos, mais descontos vai conseguir.

Tente negociar de uma forma que você possa dar um sinal e depois faça o pagamento total quando for resgatar seus investimentos. É melhor para o fornecedor e para você.

2. Participe de feiras de casamento

Feiras de casamento costumam apresentar boas oportunidades, com novos fornecedores se apresentando e soluções criativas e mais baratas. Procure saber sobre as feiras que vão ocorrer na sua cidade.

3. Regule a vida social

Se você está se preparando para bancar uma festa de casamento inesquecível, seus amigos vão entender a sua ausência em alguns encontros. Tente combinar reuniões mais caseiras e evite passeios caros. Valerá a pena no final.

Casamento em curto prazo

Se o seu caso é mais imediato, você precisa de outro tipo de solução para realizar a sua festa de casamento. Mas não se preocupe: também há soluções viáveis caso vocês tenham decidido se casar em cima da hora e precisem conseguir recursos rapidamente para realizar a festa.

O seu imóvel, por exemplo, pode ser usado como garantia para um empréstimo, com taxas bem melhores do que as dos financiamentos convencionais.

Com isso você consegue obter dinheiro suficiente para pagar a sua festa de casamento em pouco tempo, livrando-se de endividamentos mais onerosos e iniciando a vida a dois com mais tranquilidade.

Dicas para organizar o casamento

Com o dinheiro no bolso, é hora de correr atrás dos fornecedores para organizar seu casamento de curto prazo. Como o tempo é pouco, você precisa de soluções práticas e que deem o menor trabalho possível. Veja algumas dicas:

1. Considere uma assessoria de casamento

Organizar o próprio casamento pode ser uma tarefa muito prazerosa, mas acredite: com pouco tempo para fazer tudo, você vai acabar enlouquecendo.

Por isso, o melhor é buscar uma assessoria de casamento. Algumas oferecem pacotes completos, com um cerimonial que cuida de tudo para você. Pode ser uma boa solução.

2. Corra para o cartório

Os prazos de tramitação dos documentos do casamento civil podem chegar a 90 dias. Portanto, não deixe o cartório para depois. Marque a data o mais rápido possível, para ter uma preocupação a menos.

3. Pague tudo à vista

É uma situação boa para o fornecedor que, com a segurança do dinheiro na conta, pode oferecer um bom desconto para você.

Viu só como você pode conseguir viabilizar a sua festa de casamento sem se estressar?

Veja em qual situação acima você se enquadra e vá atrás da melhor solução para você. Depois, é só curtir a festa!

Se quiser saber mais informações sobre esse e outros temas relacionados, siga o nosso perfil nas redes sociais! Estamos no Facebook, YouTube e Twitter!

Comentários

Assine nossa newsletter