O brasileiro adora investir em Renda Fixa. Com cerca de 86,5% dos R$ 5,9 trilhões aplicados no mercado nacional destinados a esses investimentos, as modalidades desse tipo são as mais populares do Brasil.

Isso só é possível por um motivo simples: vale a pena aplicar em Renda Fixa. Se esses investimentos não fossem lucrativos e rentáveis, não seriam tão populares, concorda?

Neste artigo, nós vamos entender o que são investimentos de Renda Fixa e por que eles são tão vantajosos. No final da leitura, você estará pronto para aplicar seu dinheiro nessa modalidade! Vamos lá?

O que é um investimento de Renda Fixa?

Existem duas grandes categorias de investimentos no mercado atualmente: as aplicações de Renda Variável e as de Renda Fixa. A principal diferença entre as duas está na forma como seus ganhos são calculados.

Nas aplicações de Renda Fixa, o investidor já sabe quanto ganhará ao final do negócio ou, pelo menos, conhece a fórmula de cálculo do seu rendimento. É daí que vem o seu nome: o retorno está “fixado”.

A rentabilidade de investimentos de Renda Fixa se divide em duas modalidades: prefixada e pós-fixada. Na primeira, sabemos a taxa exata de resultado do investimento. Por exemplo: 8% ao ano.

Já na segunda, a mais popular, o retorno é atrelado a indicadores do mercado. Por exemplo: 3% + variação do IPCA (que mede a inflação do país).

Agora que você já conhece melhor esse tipo de aplicação, continue lendo para conhecer os principais motivos que fazem valer a pena investir em Renda Fixa!

Quais são os motivos para investir em Renda Fixa?

1. Segurança

Apesar de sempre existir risco em investir no mercado, as aplicações de Renda Fixa costumam ser as mais seguras possíveis.

Ao contrário dos investimentos em Renda Variável, que podem ser negativos e fazer você perder dinheiro, o cálculo do retorno da Renda Fixa é protegido contra flutuações do mercado e atrelado a indicadores sólidos (como a inflação ou a taxa de juros Selic), dando mais segurança ao investidor.

Além disso, a maior parte das aplicações em Renda Fixa é protegida pelo Fundo Garantidor de Créditos. Mesmo que o seu banco venha a falir, o FGC confirma o reembolso de até R$ 250 mil por CPF.

Os investimentos emitidos pelo Governo, como o Tesouro Direto ou a Poupança, não são protegidos pelo FGC, mas contam com a garantia do Tesouro Nacional.

2. Liquidez

Uma das principais características de qualquer ativo é a sua liquidez. Esse termo se refere à facilidade que o investidor tem de transformar a sua aplicação em dinheiro: ou seja, de receber o seu montante investido de volta.

Nesse sentido, a Renda Fixa é muito versátil. A maioria das aplicações dessa modalidade traz opções com liquidez diária, incluindo os títulos bancários (CDB), as letras de crédito e até mesmo os títulos públicos (Tesouro Direto).

Assim, vale a pena apostar em Renda Fixa se você precisar de flexibilidade com o seu dinheiro.

3. Boa rentabilidade

Uma das “regras” do mercado é que a Renda Fixa é segura, enquanto a Renda Variável é mais lucrativa. Basicamente, os investimentos do primeiro tipo são estáveis, ao passo que os do segundo tipo podem alcançar lucros enormes, mas também estão sujeitos a grandes prejuízos.

Esse senso comum passa a impressão de que as aplicações de Renda Fixa não são lucrativas e que “rendem pouco”. Isso não poderia estar mais errado.

Um levantamento recente mostrou que quem optou por modalidades de Renda Fixa atreladas ao CDI entre 1999 e 2015 teve um rendimento médio de 14,61% ao ano. Isso significa que quem aplicou R$ 4 mil em 1999 terminou 2015 com cerca de R$ 40.629 no bolso. 

4. Facilidade para começar

Você já se sentiu confuso pela sopa de letrinhas do caderno de economia dos principais jornais do Brasil? O assunto pode assustar qualquer um que pense em começar a investir no mercado. Afinal, como se localizar no meio de tantos termos confusos, que parecem fazer parte de um idioma próprio?

Os investimentos de Renda Fixa ajudam nisso. É muito fácil começar por eles, já que o funcionamento da modalidade é simples de entender. Nas prefixadas, por exemplo, você sabe que receberá X% do que investiu a cada ano.

Depois de se familiarizar melhor com esse mundo e entender as variações da Inflação e da taxa de juros Selic, o investidor pode passar para as aplicações pós-fixadas e ampliar sua carteira.

5. Estabilidade 

Você morre de medo de perder o patrimônio que conseguiu juntar com muito esforço e quer elaborar um plano seguro para aumentá-lo por meio de investimentos? Então vale a pena aplicar em Renda Fixa.

Isso porque esse tipo de modalidade é mais previsível e estável. Você consegue se planejar melhor sabendo quanto ganhará em três, cinco ou dez anos, por exemplo.

É claro que muita coisa pode mudar nesse meio-tempo e afetar o resultado da sua aplicação, mas a natureza da Renda Fixa permite que você possa acompanhar melhor essas mudanças e agir apropriadamente.

6. Diversidade

Uma das características mais interessantes dos investimentos de Renda Fixa é que eles são muito versáteis e diversificados.

Dentro da mesma categoria, existem opções de curto, médio ou longo prazo. Também há investimentos pós ou prefixados, isentos de Imposto de Renda ou não. Além disso, ainda é possível encontrar alternativas privadas ou públicas e com liquidez diária ou não.

Todas essas opções permitem que você invista seu dinheiro na modalidade perfeita para a sua estratégia de investidor.

7. Adequação a qualquer objetivo

Você tem uma meta de investimento? Algum prêmio que persegue há bastante tempo? Não importa qual é o seu objetivo, a Renda Fixa pode ajudar.

Um dos motivos que transformam essa modalidade em algo tão vantajoso é que ela se adequa a qualquer objetivo que você tenha em mente, seja uma viagem internacional com a família ou a tão sonhada aposentadoria.

Isso acontece por causa de todas as características da Renda Fixa que você viu neste texto. A sua previsibilidade e segurança são perfeitas para quem planeja atingir alguma meta específica, por exemplo. Além disso, suas muitas opções de liquidez e rentabilidade ajudam a alcançar objetivos de curto ou longo prazo.

Como deu para ver, investir em Renda Fixa vale muito a pena. Fáceis de usar, essas aplicações permitem que você explore o seu dinheiro com segurança e simplicidade. Com elas em sua carteira, seus objetivos ficam mais próximos!

Agora que você já está pronto para investir, que tal seguir nossos perfis nas redes sociais? Fique ligado nas novidades no Facebook e Twitter, além do conteúdo especial postado no nosso canal no YouTube ou no LinkedIn!

Comentários

Assine nossa newsletter