O crédito com garantia de imóvel é uma opção de empréstimo em que você usa seu imóvel como garantia. Neste post, você aprenderá como funciona o crédito com garantia de imóvel, como solicitar, suas vantagens, exigências e riscos. Assim, poderá avaliar se essa é a melhor opção para você. Confira abaixo:

O que é

O crédito com garantia de imóvel possibilita conseguir um empréstimo pessoal usando o imóvel como garantia sem ter que vendê-lo. A modalidade é indicada para quem tem um imóvel (residencial ou comercial) quitado e com a documentação em ordem. Assim, o bem continua no nome do proprietário e não há necessidade de se mudar. O crédito, geralmente, é oferecido com prazo mínimo de 12 meses e máximo de 180 meses, mas o tempo pode variar de acordo com a instituição financeira. 

Como solicitar o crédito

Procure por instituições financeiras (bancos) para solicitar este tipo de crédito. É mais seguro.

Tanto o pedido de crédito quanto a liberação variam de acordo com a instituição financeira, mas são processos que costumam ser simples. Tem banco que possui processo totalmente online até a assinatura do contrato. 

 

Quem pode solicitar

Para requisitar o empréstimo com garantia de imóvel é preciso possuir um bem (imóvel) comercial ou residencial (como uma sala, casa ou apartamento) em seu nome e que esteja avaliado entre R$ 200 mil e R$ 5 milhões, além de quitado e livre de ônus. Também é necessário que o bem esteja inteiramente construído (ou seja, não pode ser um terreno, por exemplo). A documentação também precisa estar em ordem: habite-se, construção averbada na matrícula e escritura definitiva.

É possível financiar até 50% do valor da avaliação do imóvel, limitado a R$ 2 milhões de financiamento.

Caso seja o que você está procurando, é importante ter em mente que, mesmo dando o imóvel como garantia, é necessário comprovar renda para solicitar esse tipo de empréstimo. Em geral, os bancos exigem que o valor das parcelas do empréstimo não comprometa mais de 30% da renda mensal do cliente. 

Vantagens do crédito com garantia de imóvel

As principais vantagens do crédito com imóvel de garantia são as taxas de juros bem mais baixas que de outras modalidades: crédito pessoal, empréstimo consignado e o longo prazo, por exemplo. Ao utilizar seu imóvel como garantia é possível solicitar empréstimo com taxa de juros de até 1,39% por mês. 

No caso do crédito pessoal sem garantia, a taxa média dos bancos foi de 6,08% ao mês em agosto de 2020, segundo aponta pesquisa da Fundação Procon-SP. Isso acontece porque, ao dar o imóvel como garantia, o risco de crédito (possibilidade de perda ao não receber os valores acordados no empréstimo) ao qual o banco está exposto é reduzido de forma substancial. Mesmo que a pessoa que contratou o empréstimo fique inadimplente, a instituição financeira tem a segurança do imóvel dado como garantia.

A opção se revela interessante principalmente para quem está lidando com dívidas que cobram juros mais altos, como cartão de crédito e cheque especial. Ao optar pelo crédito com garantia de imóvel, é possível trocar várias dívidas caras por uma mais barata, além disso, não há a necessidade de se desfazer do imóvel com pressa, vendendo por um valor muito menor do que ele vale.

O dinheiro pode ser usado da forma como você achar melhor. Além de quitar dívidas, é possível reformar a casa, injetar capital de giro no negócio, investir no futuro dos filhos ou, até mesmo, fazer uma grande viagem. Seja qual for o uso, o mais importante é usar o crédito com consciência.

Cuidados ao dar um imóvel como garantia

É inegável que as taxas de juros cobradas ao dar seu imóvel como garantia são competitivas e que a alternativa pode ser uma solução, principalmente para quem tem que lidar com dívidas que cobram juros altíssimos. No entanto, para não ter problemas no futuro, é essencial se informar sobre todos os detalhes do processo e conhecer os pormenores do contrato. 

É preciso ter certeza que conseguirá arcar com o valor das parcelas, principalmente porque, na maior parte das vezes, é um empréstimo de longo prazo, que pode levar 15 anos para ser quitado.

Outro ponto que deve ser levado em consideração é que cada imóvel só pode ser usado como garantia para uma única operação. Ou seja, você não pode usar a mesma casa ou apartamento para conseguir um novo crédito. Essa é uma forma de proteger a instituição financeira e o cliente, que certamente terá dificuldades para pagar todas as parcelas.

Comentários

Assine nossa newsletter

Você pode cancelar o recebimento a qualquer momento, clicando apenas no link "cancelar inscrição" nesses e-mails ou entrando em contato conosco. Clique aqui para acessar nossa política de privacidade.