Manter a segurança na internet deve ser prioridade, tanto no computador quanto no tablet ou no celular. Ter esse cuidado pode evitar grandes dores de cabeça, como roubo de dados pessoais, uso indevido do seu nome e CPF e fraudes com seu cartão de crédito ou conta-corrente. 

Apesar da importância de se prevenir, muitas pessoas subestimam essa questão. Fazem compras online sem se preocuparem se o site é seguro ou não, clicam em links suspeitos enviados por e-mail e, principalmente, efetuam transações financeiras no ambiente online sem tomar nenhum cuidado. Esse é um grande risco, pois todas as máquinas estão vulneráveis a ciberataques. 

Um exemplo que ilustra bem a situação: no último dia 12 de maio, empresas de aproximadamente 74 países — entre eles o Brasil — sofreram um ataque de hackers. A ação, entre outros prejuízos, interrompeu o atendimento do INSS em terras brasileiras. Na Inglaterra, hospitais afetados tiveram que parar de atender pacientes e encaminhá-los para outros locais.

Os ataques de 12 de maio usaram o ransomware, um vírus de resgate que inutiliza o sistema ou seus dados até que a instituição afetada pague uma quantia em dinheiro para os hackers. Os efeitos nocivos de um ataque do tipo podem ser grandes.
 
Mas não precisa se desesperar, pois existem maneiras eficazes de se proteger e evitar ser uma vítima de ciberataque. Neste post, você verá como garantir a sua segurança online em 6 passos. Confira:

1. Cheque se o site é seguro

O primeiro passo para garantir sua segurança online é verificar o nível de segurança dos sites que acessa. Esse cuidado é especialmente importante caso esteja navegando em uma página em que vá compartilhar dados como informações pessoais ou financeiras.

Uma forma de garantir que o site é realmente seguro é conferir se o protocolo de internet é HTTPS. Para isso, basta olhar no canto superior esquerdo da página, na barra de endereços do navegador, se há um cadeado verde. Se sim, o site é considerado seguro.

Confira, ainda, se os certificados SSL são válidos. Há uma variedade de utilitários de verificação de SSL online e gratuitos para analisar os certificados de segurança dos sites. As ferramentas examinam pontos como validade e autenticidade do certificado, resolução de DNS, entre outros.

2. Utilize um antivírus de qualidade

Passo essencial para garantir sua segurança online é instalar antivírus em todas as máquinas que você usa. Opte por um produto de qualidade, que tenha uma boa reputação no mercado.

Para se certificar de que seus equipamentos estão realmente protegidos, não se esqueça de atualizar o antivírus sempre que necessário, além de realizar varreduras completas periodicamente para buscar malwares e outros vírus.

Vale sempre lembrar que ter um bom antivírus não basta: evite navegar por sites suspeitos e clicar em anúncios de confiabilidade duvidosa.

3. Tenha cuidado com redes públicas

É difícil resistir à tentação de acessar uma rede de Wi-Fi pública, principalmente quando estamos na rua e sem plano de dados para a internet no celular. Apesar de conveniente, o recurso deve ser usado com parcimônia para não comprometer sua segurança online. 

Se estiver conectado a uma rede pública, principalmente aberta (que não exige senha), não acesse sua conta bancária nem realize nenhum tipo de transação financeira. Muitas redes do tipo têm mecanismos que capturam informações dos dispositivos que as acessam, o que pode dar muita dor de cabeça no futuro.

Caso seja preciso acessar o seu banco, faça isso do seu próprio celular e sempre no seu Wi-Fi ou usando o 3G/4G. Prevenir é sempre melhor!

O mesmo cuidado vale para computadores públicos, como os que são disponibilizados em bibliotecas, hotéis e afins. 

4. Crie suas senhas com sabedoria

Nome e sobrenome, data de nascimento, apelido de infância, nome da mãe… Na hora de criar senhas, tendemos a pensar em palavras ou números de fácil memorização, como 123456, abcde, endereço de casa, nomes de parentes etc.

Apesar de ser algo que, à primeira vista, pareça facilitar a vida, em longo prazo elaborar senhas que tenham relação com dados pessoais pode comprometer sua segurança online.

Aposte em senhas originais e fortes para proteger suas contas bancárias e quaisquer outras que contenham dados financeiros e/ou pessoais. Mescle letras maiúsculas, minúsculas, números e símbolos para aumentar a força do código.

Tem medo de esquecer na hora de acessar? Use um gerenciador de senhas, ferramenta oferecida por várias empresas de antivírus. Caso não confie nesse tipo de recurso, use o bom e velho papel e caneta para anotar os códigos e, claro, guarde em um lugar seguro. 

Uma outra dica: mude periodicamente suas senhas para proteger seus dados e aumentar sua segurança.

5. Reporte mensagens suspeitas

Recebeu uma mensagem suspeita solicitando seus dados bancários ou algum tipo de transação financeira? Não perca tempo: reporte o mais rápido possível para a empresa que é citada no e-mail ou na mensagem de texto.

É importante ter atenção especial a links e anexos recebidos por e-mail, em mensagens supostamente enviadas pelo seu banco, operadora de cartão de crédito ou loja que você frequenta. Não abra, pois pode ser um golpe. Entre em contato com a instituição, de preferência por telefone, e confira se a comunicação é realmente verdadeira.

6. Use apenas aplicativos oficiais

Smartphones e tablets são cada vez mais usados para acessar o internet banking. É uma maravilha usufruir dessa mobilidade, mas alguns cuidados são necessários para garantir sua segurança.

Ao acessar seu banco em um dispositivo móvel, use apenas os aplicativos financeiros que são fornecidos ou indicados pela instituição financeira. Além de apostar apenas nos apps oficiais dos bancos em que tem conta, não se esqueça de mantê-los sempre atualizados para assegurar seu bom funcionamento.

Garantir a segurança online deve ser prioridade, principalmente na hora de efetuar transações financeiras e compartilhar dados pessoais ou bancários na internet. Não abra links e anexos de e-mail suspeitos, tenha atenção à segurança dos sites que acessa e formule senhas fortes, que protejam suas informações.

Siga esses 6 passos simples, aumente sua segurança online e evite dor de cabeça como fraudes e uso indevido de dados.

Gostou deste conteúdo? Não deixe então de compartilhar o post com seus amigos nas suas redes sociais!

Comentários

Assine nossa newsletter

Você pode cancelar o recebimento a qualquer momento, clicando apenas no link "cancelar inscrição" nesses e-mails ou entrando em contato conosco. Clique aqui para acessar nossa política de privacidade.